Gaste o seu dinheiro com eficiência

Muitos são os motivos que levam uma pessoa a comprar. Entre os motivos, podemos citar alguns:

1)      A necessidade.

2)      A diversão.

3)      Os modismos.

4)      O status;

5)      As propagandas cada vez mais criativas.

Antes de comprar, a pessoa deve pensar na relação custo–benefício que o produto vai proporcionar. Vale a pena comprar um produto que custa mais do que um modelo similar, só porque tem um detalhe novo? Justifica-se pagar muito mais por um equipamento, quando existe outro mais barato, só porque ele tem uma série de funções que você talvez nunca vai usar? Procure observar vários produtos similares ao que você tem intenção de comprar, faça uma relação dos benefícios de cada um e compare os custos. Verifique se um custo maior de certo produto é justificado pelos benefícios extras que ele proporciona a você.

           Um erro muito comum é a pessoa decidir pela compra olhando apenas o valor da prestação, sem saber quanto está pagando de juros. Hoje, o valor da prestação pode estar adequado ao orçamento, mas, futuramente, ocorrem outros gastos, tais como: IPVA, IPTU, material escolar etc., que podem comprometer o pagamento do financiamento. Portanto, tem que haver planejamento nas compras a prazo, principalmente, se o prazo for muito longo.

           Algumas dicas para uma boa compra:

  • Antes de comprar faça sempre estas três perguntas:

1 – Você tem condições de comprar à vista, com desconto?

2 – Se você não comprar agora vai fazer muita falta?

3 – Esta é a melhor forma de gastar o dinheiro?

Se a resposta for sim nas três perguntas, compre logo.

  • Pesquise sempre. Aproveite a concorrência entre as lojas, que está cada vez mais acirrada. Com uma boa pesquisa você pode conseguir preços bem mais baixos.
  • Negocie sempre. A maioria das lojas tem um segundo preço. Nem todos os vendedores têm autonomia para dar descontos; se for o caso, chame o gerente. Procure negociar com dados concretos, como, por exemplo, propaganda dos concorrentes.
  • A melhor maneira de comprar é comprar a vista. Na compra a vista, todo o poder está do lado do consumidor.
  • Nas compras a prazo, tome muito cuidado com as taxas de juros. Evite financiamentos longos, pois quanto mais longo for o financiamento, mais cara é a taxa de juro.
  • Evite comprar por impulso, elabore com antecedência uma lista de compras e siga-a rigorosamente.
  • Não vá às compras sem antes fazer os cálculos do quanto você pode gastar. Dê preferência às dívidas já contraídas e as contas a pagar. É bom estar consciente do quanto você pode gastar, pois a tentação na hora das compras é grande e se você não tomar cuidado, nessa hora, pode entrar num ciclo perigoso de endividamento.
  • Nas datas comemorativas (páscoa, dia das mães, dia dos pais, dia da criança e natal) faça as compras com antecedência. Aproveite que as lojas ainda estão vazias o que possibilita as negociações e você terá mais opções de escolha, tendo tempo também para pesquisar preços em várias lojas, o que é fundamental para uma boa compra.
  • Se o pagamento for feito com cheques pré-datados, coloque o nome do favorecido e escreva a data em que ele deverá ser depositado. Solicite o registro na nota fiscal do número do cheque e da data que ficou combinada para depósito. Desse modo, se o cheque for apresentado antes, o comerciante será responsável pelo não-cumprimento da promessa e dos acordos feitos.

Dinheiro existe para dar prazer. Mas, se você vive endividado, usando sempre o cheque especial e sempre parcelando as compras pelo cartão de crédito e sem condições de alimentar uma poupança, não conseguirá desfrutar desse prazer. É preciso saber organizar-se.

Comentários